Minha vida antes e depois da Ativação de Vida

Deixa eu te contar um pouco sobre mim.

 

Aos 30 anos eu vivi uma situação sinistra na minha vida, morava em São Paulo e minha mãe costumava hospedar pessoas (crianças, inclusive) com câncer que vinham de diversas cidades do interior pra receberem tratamento no Hospital São Paulo, e neste ano eu tinha perdido 3 pessoas próximas, minha avó, o avô paterno do meu marido e a madrasta dele. Eu tinha 2 meninas pequenas, praticamente bebês, mas não sei bem como, comecei a me conectar com essa energia de morte. Eu só pensava nisso.

 

E como o pensamento tem muito poder (hoje sei disso), acabei tendo uma sequencia de crises de asma, conectadas com o medo de morrer, que acabaram resultando em parada respiratória.
Seria fatal realmente, se eu não morasse ao lado do Hospital e não tivesse sido atendida tão rapidamente. Mas entrei naquele lugar quase que inconsciente. Me lembro apenas do rosto de uma médica loira me perguntando como eu estava.

 

Alguns dias depois minha mãe foi até o hospital perguntar sobre minhas roupas, e uma enfermeira ofereceu seus sentimentos pela minha morte, imagine…

 

Mas por algum motivo eu não morri, mesmo ela tendo passado tão perto de mim…

 

Depois de recuperada e em casa, comecei a desenvolver Síndrome do Pânico (na época, nem se falava sobre isso).
Não saía de casa sem saber se havia hospitais por perto ou com um inalador a tiracolo, Foi uma fase muito difícil na minha vida.

 

Mas porque eu estou te contanto tudo isso?

 

Porque isso me trouxe uma única consciência.
Eu precisava viver intensamente e seguir o propósito do meu coração, porque de outra maneira, nada, mas nada mesmo, fazia sentido.

 

E comecei a minha busca por respostas para perguntas como:
Quem eu era?
Pra onde eu deveria ir?
Qual era o meu propósito…?

 

Alguns ano depois eu conheci o Eric, que me apresentou a Ativação de Vida. Uma modalidade que me trouxe uma clareza como eu nunca tinha tido antes.

 

A Ativação de Vida permite a você acessar o seu potencial máximo, ver e progredir na sua jornada de crescimento.

 

Este ritual tem ajudado pessoas a ultrapassar barreiras no seu dia a dia. Esta modalidade vai encher o seu corpo de luz, dissolvendo bloqueios e crenças limitantes das quais você pode nem estar consciente. É o primeiro passo para despertar quem você realmente é.

 

O seu DNA espiritual contém seu projeto original, quem você é, seu propósito de vida, seu potencial divino. O seu DNA determina muito mais do que o seu código genético, contém informações sobre padrões emocionais, seus dons espirituais e muito mais.

 

A Ativação de Vida traz mais luz e mais energia, equilibrando os seus chakras e sua aura, fazendo com que você ative sua intuição espiritual, conectando assim, com sua essência.

 

Você começa a fluir mais facilmente no seu caminho.

 

Podemos perceber resultados claros nas nossas vidas depois da Ativação de Vida.

Você vai ganhar mais clareza e consciência daquilo que está te impedindo de ir a diante e vai ter mais força para fazer as mudanças necessárias para atingir sua melhor versão.

 

Denise Prado

Sua mente não para?

Mas afinal, o que é Mindfulness? É um conjunto de práticas que ajuda a desenvolver a capacidade de estar totalmente consciente dos pensamentos, das emoções e do corpo.

 

Que tal aplicar essas 3 simples técnicas de Mindfulness para ajudar a controlar o fluxo de pensamentos, domando o turbilhão mental e emocional?

Separamos 2 dicas simples e rápidas para iniciantes. Vamos lá!

 

1) Prática dos 3 minutos:
Adote uma posição confortável, sentado ou deitado e deixe o corpo se estabilizar. Aos poucos leve a atenção para para as suas sensações físicas e perceba os pensamentos e emoções que estão presentes naquele momento. Aos poucos, vá focando sua atenção para a respiração: movimentos do tórax, o ar entrando e saindo das narinas. Siga o fluxo natural. Não tente modificar nada, apenas observe e sinta. Caso a mente comece a ir para outro pensamento, perceba, e gentilmente traga de volta a atenção para a sua respiração. Antes de encerrar a sessão, traga novamente a atenção e a observação para as sensações em todo o corpo e ambiente, como sons e temperatura, por exemplo. Aos poucos, abra os olhos. Essa prática pode ser feita por 3 minutos e aos poucos, vá aumentando.

2) Body Scan:
Iniciamos essa prática da mesma forma que a anterior. Porém, escaneamento corporal, a âncora ou ponto de apoio de nossa atenção serão as sensações ao longo do corpo que vamos percorrer dos pés à cabeça, ou vice-versa. Novamente, caso a mente comece a devanear em outros pensamentos, traga-a de volta gentilmente. A ideia de “gentileza” aqui é muito importante, pois traduz a atitude com a qual devemos lidar com nossas distrações durante o exercício, ou seja, com aceitação e curiosidade, sem brigar com isso, pois é natural de nossa mente. Estamos treinando também a saída da posição de autocrítica.

 

Com essas simples técnicas, estamos ensinando a nossa mente a apreciar os pensamentos e sensações vividos naquele exato momento. Com o tempo, a concentração vai aumentando e conseguimos perceber e deixar passar o pensamentos negativos e de ansiedade, deixando espaço para os positivos virem.

Fonte: Viva Bem

4 Exercícios Diários Que Você Pode Fazer em Menos de 10 Minutos Para Melhorar Seu Equilíbrio Enquanto Você Estiver Dentro de Casa

Reduza seu risco de quedas com estes simples movimentos de estabilidade.

por Mike Zimmerman, AARP.

 

Assim como a força, o equilíbrio diminui com a idade. E com a perda de equilíbrio, aumenta o risco de lesões e perda de mobilidade. Mas o treinamento de força e equilíbrio pode melhorar sua capacidade de manter-se centrado e estável. “Existe uma enorme relação entre equilíbrio e força”, diz Mary Helen Bowers, fundadora da Ballet Beautiful, sediada em Nova York, e bailarina profissional que oferece treinamento em equilíbrio, força e flexibilidade. Bowers recomenda quatro exercícios que você pode fazer em menos de 10 minutos por dia. “Faça três a quatro vezes por semana por algumas semanas e você notará uma diferença”, diz ela.

 

Shambala Spa em Florianópolis

LAURA BARISONZI

Toque os Dedos do Pé no Chão (Toe Tap)

Fique com uma mão na parede para manter estabilidade. Mantendo as duas pernas retas, levante uma perna e estique-a à sua frente até que esteja em um ângulo de 45 graus com seu corpo, dedos apontados. Agora toque os dedos dos pés no chão, aguarde um momento e retorne à posição inicial.
Faça 2 séries de 8 repetições com cada perna.

 

Shambala Spa em Florianópolis

LAURA BARISONZI

Sobe nos calcanhares com joelhos dobrados

Fique com uma mão na parede para estabilidade, com o outro braço ao seu lado. Mantendo os pés juntos e o tronco reto, dobre os joelhos. Em seguida, levante os calcanhares do chão enquanto as pernas esticam, ergue o braço livre acima da cabeça. Segure por um momento.

Realize 2 séries de 8 repetições.

 

Shambala Spa em Florianópolis

REMIE GEOFFROI

Dedos dos Pés Para Cima

Deite-se de costas, com as mãos sob os quadris e levante as pernas retas no ar. Agora puxe com o estômago para levantar levemente os quadris do tapete; aponte os dedos dos pés. Mantenha por 2 contagens; depois, mantendo as pernas perpendiculares a você, abaixe os quadris de volta ao tapete.

Faça 2 a 4 séries de 8 repetições.

 

Shambala Spa em Florianópolis aYTAnZG StBQf9nTmdTwkN1 ITlkm3AoLjEji0ImC3xPkeKKUNA6py68dXUfA8tm EH701ItjM55KbOuD bsaEHVTl9knryGh9oKaJX301PxxarD5cKOluLCGboj6OjfgQWzKbwW70SczlRuJpmXkdNJ1atcLwT1 BwHHYv

REMIE GEOFFROI

Arabesco

Fique em suas mãos e joelhos. (Use um travesseiro sob os joelhos, se desejar.) Puxe o abdômen e levante a perna direita para trás, mantendo o abdômen firme, com o joelho reto e os dedos apontados. Não arqueie as costas. Segure por um momento, depois abaixe e repita com a perna esquerda.

Faça 2 séries de 8 repetições.

 

Mike Zimmerman escreveu e editou dezenas de livros sobre fitness e nutrição. 

Meditar pode rejuvenescer o cérebro de 50 anos para 25

Quer ser eternamente jovem?

A neurocientista Sara Lazar, do Massachusetts General e da Harvard Medical School, começou a estudar meditação por acidente. Ela sofreu lesões treinando para a Maratona de Boston, e seu fisioterapeuta disse para ela se alongar. Então Lazar começou a praticar yoga.

“O professor de yoga fez todo tipo de alegações, que a yoga aumentaria sua compaixão e abriria seu coração”, disse Lazar. “E eu pensava: ‘sim, sim, sim, estou aqui para me esticar.’ Mas comecei a perceber que estava mais calma, era mais capaz de lidar com situações mais difíceis, era mais compassiva e de coração aberto, e conseguia ver as coisas do ponto de vista dos outros”.

Por fim, ela procurou a literatura científica sobre a meditação da atenção plena (uma categoria na qual a yoga faz parte). Ela encontrou várias evidências que mostram que a meditação diminui o estresse, a depressão e a ansiedade, reduz a dor e a insônia e aumenta a qualidade de vida.

Então ela começou a fazer algumas pesquisas em neurociência sozinha.

Em seu primeiro estudo, ela analisou meditadores de longa duração (aqueles com sete a nove anos de experiência) versus um grupo controle. Os resultados mostraram que aqueles que realizam meditação profunda, aumentaram a massa cinzenta em várias áreas do cérebro, incluindo o córtex auditivo e sensorial, bem como as regiões ínsula e sensorial.

Isso faz sentido, já que a meditação da atenção plena diminui a velocidade e se torna consciente do momento presente, incluindo sensações físicas, como a respiração e os sons ao seu redor. No entanto, os neurocientistas também descobriram que os meditadores tinham mais massa cinzenta em outra região do cérebro, dessa vez ligada à tomada de decisões e à memória de trabalho: o córtex frontal. De fato, enquanto a maioria das pessoas vê seus córtices encolherem à medida que envelhecem, meditadores de 50 anos de idade no estudo tinham a mesma quantidade de massa cinzenta que aqueles com metade de sua idade.

Isso é notável.

Lazar e sua equipe queriam ter certeza de que estas pessoas não eram meditadores de longo prazo só porque tinham mais massa cinzenta, então eles conduziram um segundo estudo. Nela, eles colocam pessoas sem experiência com meditação em um programa de atenção plena de oito semanas.

Os resultados? Mesmo apenas oito semanas de meditação mudaram o cérebro das pessoas para melhor. Havia espessamento em várias regiões do cérebro, incluindo o hipocampo esquerdo (envolvido no aprendizado, na memória e na regulação emocional); o TPJ (envolvido na empatia e na capacidade de ter múltiplas perspectivas); e uma parte do tronco cerebral chamada ponte (onde neurotransmissores reguladores são gerados).

Além disso, os cérebros dos novos meditadores viram o encolhimento da amígdala, uma região do cérebro associada ao medo, ansiedade e agressão. Essa redução no tamanho da amígdala se correlacionou com níveis reduzidos de estresse nesses participantes.

Quanto tempo você tem que meditar para ver esses resultados? Bem, no estudo, os participantes foram orientados a meditar durante 40 minutos por dia, mas a média acabou sendo de 27 minutos por dia. Vários outros estudos sugerem que você pode ver mudanças positivas significativas em apenas 15 a 20 minutos por dia.

Quanto à prática de meditação de Lazar, ela diz que é “altamente variável. Alguns dias 40 minutos. Alguns dias, cinco minutos. Alguns dias, nada. É muito parecido com exercício. Exercitar três vezes por semana é ótimo. Mas se você puder fazer é só um pouquinho todo dia, isso é uma coisa boa também “. Acontece que meditadores de 50 anos podem ter cérebro de uma pessoa de 25 anos.

Pena que apenas meditando, não podemos ter também o corpo com a metade da nossa idade.

Fonte: Inc.com

O Ritual dos Cristais

por Denise Prado
Você já  imaginou poder recarregar as energias e se sentir renovada em alguns momentos, para enfrentar todos os desafios que a vida oferece, dia após dia?
Você pode ter esse poder em suas mãos, através de elementos da terra que estão prontos para te ajudar nessa “recarga” e mais ainda, os benefícios são inúmeros.
Read More

Equilibre-se com esta Técnica Milenar – Yoga Massagem Ayurvédica

A ciência Ayurveda começou há cerca de 6 mil anos, na Índia. Em linguagem sânscrita, Veda significa “o conhecimento”, o saber e Ayur “vida”, indicando assim “o conhecimento da vida humana”. Além de se utilizar de alimentação adequada, fitoterapia, yoga e outras técnicas, a massagem é uma das principais técnicas utilizada pelos médicos e terapeutas ayurvédicos. Não é apenas uma das mais antigas e sim uma das mais completas técnicas naturais para restabelecer o equilíbrio físico e psíquico. Trata-se de uma massagem profundamente relaxante, atuando no campo físico e energético, tendo a função de purificação e manutenção da saúde corporal. Tem como objetivo restaurar o bem-estar físico, mental, energético e emocional.

Read More

O Poder dos Cristais

A terapia com cristais é uma forma não-invasiva suave de cura alternativa que harmoniza o corpo, mente, emoções e espírito, ajudando a aumentar a sensação de bem-estar, neutralizar a negatividade e aliviar a depressão.

Read More

Prepare-se para o Verão com a Drenagem Linfática

O verão está chegando, e nada como estar com uma pele linda para aproveitar a praia e a piscina! Um dos tratamentos mais eficazes contra a celulite é a Drenagem Linfática.

Read More

7 Dicas para manter seu Espaço Limpo, Claro e Cheio de Luz

Por Christina Lozano

Ao longo dos anos, muitas pessoas têm me contratado para limpar seu espaço e abençoar suas casas, um serviço que eu amo fazer,  assim como acredito plenamente que as casas das pessoas devam ser o seu santuário. Através do meu estudo e formação, aprendi algumas técnicas avançadas para limpeza de espaços, bênção e proteção energética, que são muito poderosas, mas os princípios básicos que toda e qualquer pessoa pode (e deve) fazer são a chave para manter a sua casa cheia de Luz e Amor.

Read More

A kabbalah Universal

Por Verla Wade

O Caminho da Liberdade Pessoal e Transformação

Quantas vezes você já pediu por uma mudança em sua vida, querendo que uma situação ou uma pessoa mude, então estas circunstâncias se tornariam mais fáceis? No entanto, nós realmente não podemos influenciar a mudança em outra pessoa, somente em nós mesmos, logo a solução parece ser mudar a nós mesmos, ou pelo menos mudar a forma como reagimos.

Read More
Clique aqui para começar!
1
Oi! Que bom falar com você 😊
Como podemos lhe ajudar hoje?